001-research.png
INVESTIGAÇÃO DE FONTES NO AMBIENTE 
  • Avaliação por equipe multidisciplinar da área de estudo
  • Análise completa (ar, água, solo, sedimentos e vegetação)
  • Aplicação de técnicas avanças e robustas
  • Emissão de relatório final 

CONTEXTO E RELEVÂNCIA

Processos de contaminação ambiental são extremamente críticos em relação aos impactos causados e ao apontamento da(s) fonte(s) poluente(s).

 

Uma avaliação crítica e precisa, realizada com sigilo e empregando ferramentas adequadas, é imprescindível para fornecer informações acertadas para os órgãos públicos, organizações e/ou empresas envolvidas, visto que a responsabilização de uma empresa é um processo delicado que impacta significativamente no orçamento e imagem da instituição.

 

Nesse contexto, nossa equipe multidisciplinar emprega variadas técnicas avançadas, dentre elas os fingerprints isotópicos, para investigar com a resolução e precisão necessárias potenciais fontes poluentes em casos de suspeita de contaminação ambiental. 

Exemplos:

fontes urbanas.png

Fontes de material particulado para atmosfera urbana

 

Esse tipo de avaliação permite identificar e discriminar fontes de partículas para a atmosfera de cidades ou regiões metropolitanas, além de quantificar a contribuição das principais fontes.

 

Essas informações podem ser complementadas com estudos do inventário de emissões e modelagem atmosférica.

Referências

 

Souto-Oliveira, C.E., Babinski, M., Araújo, D.F., Andrade, M.F., 2018. Multi-isotopic fingerprints (Pb, Zn, Cu) applied for urban aerosol source apportionment and discrimination. Science of the Total Environment. 626, 1350-1366. (Link da Publicação)

 

Souto-Oliveira, C.E., Babinski, M., Araújo, D.F., Weiss, D.J., Ruiz, I.R., 2019. Multi-isotope approach of Pb, Cu and Zn in urban aerosols and anthropogenic sources improves tracing of the atmospheric pollutant sources in megacities. Atmospheric Environment. 198, 427 – 437. (Link da Publicação)