Model icon.png

MODELAGEM ATMOSFÉRICA

  • Dispersão de poluentes
  • Previsão das concentrações de poluentes
  • Qualidade do ar
  • Previsão do tempo

CONTEXTO E RELEVÃNCIA

A modelagem atmosférica estabelece-se como uma ferramenta fundamental para o entendimento dos processos de dispersão, transformação e deposição de poluentes atmosféricos. Além disso, uma adequada implementação de modelos de qualidade do ar permite uma correta avaliação de cenários de emissão, insumo de grande utilidade na geração de estratégias e políticas encaminhadas para a redução do impacto gerado pelas diversas fontes de poluição estabelecidas em uma área determinada. Entre os softwares utilizados destacam-se ferramentas reconhecidas pelas principais agências ambientais nacionais e internacionais (CETESB, EEA, EPA). Nosso trabalho é sempre balizado por normas e legislações vigentes.

Estudo de caso

Modelagem das emissões de monóxido de carbono (CO) em ppm da Região Metropolitana de São Paulo (figura 1). 

Baseado em dados metereológicos (figura 2) e os inventários de emissão veiculares (VEIN) e de outras fontes (Emissions Database for Global Atmospheric Research - EDGAR).

wrfchem.gif
temp.gif